Migalhas

Terça-feira, 7 de abril de 2020

ISSN 1983-392X

Pandemia

Fake news: STF não suspendeu atividades jurisdicionais no país

Informação falsa relacionada ao coronavírus circula pela redes sociais.

sexta-feira, 13 de março de 2020

Circula informação de que o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, teria suspendido as atividades jurisdicionais em todo o país por conta da pandemia de coronavírus. Trata-se de uma fake news.

Nesta quinta-feira, 12, Toffoli editou atos normativos concernentes ao STF e ao CNJ, órgãos que preside, com medidas de combate à disseminação do Covid-19. Mas as medidas, além de dizerem respeito apenas àqueles órgãos, não suspendem atividades jurisdicionais.

t

Nos dias de sessão no Supremo, terão acesso ao plenário e às turmas somente as partes e os advogados com processos na pauta do dia, além dos participantes habilitados em audiências públicas. Ficam temporariamente suspensos o atendimento presencial do público externo que puder ser prestado por meio eletrônico ou telefônico, a visitação pública e a entrada de público externo no restaurante e na biblioteca Victor Nunes Leal.

No CNJ, nos dias de sessão somente terão acesso ao plenário as partes e os advogados de processos incluídos na pauta do dia. Ficam temporariamente suspensos a visitação pública e o atendimento presencial do público externo que puder ser prestado por meio eletrônico ou telefônico.

______________

Para que o leitor encontre as notícias jurídicas específicas sobre coronavírus, reunimos todo o material em um site especial, constantemente atualizado. Para sanar-se de notícias, consulte-se aqui: www.migalhas.com.br/coronavirus

 

t

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

-