Migalhas

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Frases infelizes

de 9/2/2020 a 15/2/2020

"Homem que abdicou de seus interesses pessoais para bem servir seu país e devolver nossa dignidade merece todo respeito do povo brasileiro (Migalhas 4.791 – 13/2/20 – Desfocado). Muito agradecida ao digníssimo dr. Paulo Guedes."

Lana Mara Siqueira - 13/2/2020

"Peço vênia a um repórter da CBN para repetir o que ele disse hoje pela manhã: 'Paulo Guedes calado é um poeta (Migalhas 4.791 – 13/2/20 – Desfocado). Deveria fazer como Pelé, só jogar futebol'! Inventa de fazer o que não sabe (falar), todo o seu caráter se revela!"

Liara da Cruz - 13/2/2020

"Copiando o chefe para não perder a boquinha (Migalhas 4.791 – 13/2/20 – Desfocado). Triste!"

Fátima Siqueira de Sene Oliveira - 13/2/2020

"Paulo Guedes falava uma besteira por mês, agora é por dia (Migalhas 4.791 – 13/2/20 – Desfocado). Assim sendo, chamou servidores públicos de parasitas e eu mandei uma banana para ele, imitando o gesto litúrgico do seu chefe, que foi destinado a alguns jornalistas. Ontem, depois de zombar das necessárias secretárias do lar, enviei uma jaca mole a este senhor. Servirá para que ele atole bem o pé na fruta antes que o dólar alto o leve ao céu com tripa e tudo e fique flutuando nas alturas."

Abílio Neto - 13/2/2020

"Que país é esse (Migalhas 4.791 – 13/2/20 – Desfocado)? Legião Urbana nunca foi tão atual. Apenas não convidaram o povo brasileiro para esta festa pobre; nem Cazuza."

Jacqueline Costa - 13/2/2020

"Esse sujeito é tão grosseiro quanto o chefe dele (Migalhas 4.791 – 13/2/20 – Desfocado). Uma empregada doméstica viajar para Disney deve ser motivo de orgulho, mas para o ministro é um absurdo 'gentinha' ter direito a esse tipo de vitória pessoal. A propósito, quantos 'parasitas' trabalham no gabinete dele?"

José Fernando Azevedo Minhoto - 13/2/2020

"Bom humor sim, isenção, 'data venia', não (Migalhas 4.791 – 13/2/20 – Desfocado). Basta a notícia ser contra os interesses da advocacia, ou melhor, dos 'fomentadores'."

José Fernando Azevedo Minhoto - 13/2/2020

Comente