Migalhas

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

"O matador Adriano
Teve seu fim decretado
O preço por seu silêncio
Foi acabar fuzilado
É um duríssimo assunto
E pra não virar defunto
Queiroz que tenha cuidado!"

Zé Preá - 11/2/2020

"Sob o título Coincidências, recomendo que o nobre redator ocupe cinco minutos do seu tempo para corrigir o grave erro de informação (Migalhas 4.788 – 10/2/20). De fato, o Partido dos Trabalhadores, autor de uma verdadeira enciclopédia do crime na contaminação do Estado pela corrupção, continua assombrado pela morte do ex-prefeito Celso Daniel. No entanto, basta ao nobre redator consultar os autos, concluídos pelo então corregedor-Geral da Polícia Judiciária, para tomar conhecimento da verdade: tratou-se de crime comum, patrocinado pelo grupo conhecido como PCC. A chamada imprensa tradicional omite esse fato, mas esperam os migalheiros de todo o mundo, que contam como estas migalhas para se manterem informados, que este valoroso rotativo saia do lugar-comum e nos brinde sempre com a verdade."

Luciano M. Costa - 11/2/2020

Comente