quarta-feira, 27 de maio de 2020

ISSN 1983-392X

"A arrogância destes procuradores é inacreditável (Migalhas 4.765 – 8/1/20 - MPF x STF). Procuradores de 1ª instância ficam denegrindo publicamente a Corte Suprema do país, num desserviço à Justiça no país. É preciso lembrar que todos aqueles em quem eles confiam no STF foram nomeados pelo PT, ou seja, Barroso, Fux, Cármen Lúcia, Fachin e Rosa Weber. De passagem lembremos, também, da conduta irrepreensível do ministro da Justiça José Eduardo Cardoso ao longo das investigações em seu tempo de ministro. Isento com postura. Não engavetou nada, não perdoou ninguém, não fez campanha e se mostrou um jurista digno das melhores tradições."

Rubens Tavares Aidar - 8/1/2020

"Essa gente é bem atrevida e cutuca a onça sem vara (Migalhas 4.765 – 8/1/20 - MPF x STF)... Depois vão reclamar de perseguição."

José Fernando Minhoto - 8/1/2020

"Triste ver o MP jogando a ´culpa´ para o STF do óbvio ululante de seguir o comando constitucional, tarefa que devia ser do próprio também (Migalhas 4.765 – 8/1/20 - MPF x STF). O ´queremos sangue e holofotes e fundação Lava Jato´ acima de tudo."

Alexandre de Souza Lobo Pacheco - 8/1/2020

"A mim parece que Migalhas está quase sempre do lado errado das questões que aborda. Com razão Deltan Dallagnol na crítica ao STF, que não merece a defesa do periódico, mui especialmente após os seis ministros derrubarem a prisão em segunda instância (Migalhas 4.765 – 8/1/20 - MPF x STF). Mereciam impeachment!"

José Geraldo Braga da Rocha - 10/1/2020

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram